Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Paul McCartney

Paul McCartney vai readquirir o catálogo dos Beatles

Músico britânico já iniciou o processo para recuperar canções vendidas a Michael Jackson há três décadas

Paul McCartney vai comprar o catálogo dos Beatles vendido a Michael Jackson há três décadas. O músico britânico já deu início ao processo que lhe vai permitir adquirir os direitos das canções que compôs há mais de 50 anos.

Segundo a Billboard, a lei norte-americana de copyright, criada em 1976, permite que os escritores das canções adquiram a quota-parte dos direitos pertencente aos publishers após 56 anos, pelo que McCartney poderá fazê-lo a partir de 2018.

O processo, no entanto, tem de ser iniciado antes e McCartney fê-lo no passado mês de dezembro. O músico quer comprar a sua parte de 32 canções escritas em parceria com John Lennon. Claro que só poderá adquirir a sua parte dos direitos e apenas nos Estados Unidos. Em 2009, Yoko Ono, viúva de Lennon, cedeu à Sony/ATV, empresa de publishing, a outra metade dos direitos.

Os direitos da maioria das canções dos Beatles nunca estiveram nas mãos dos próprios. Inicialmente, eram pertença da Northern Songs, companhia de publishing criada por Brian Epstein, manager da banda, e depois da sua morte, em 1967, passaram para as mãos da ATV Music (que comprou a Northern Songs). A ATV seria depois adquirida, em 1985, por Michael Jackson, passo que seria visto por McCartney como uma traição - os dois músicos eram amigos. Dez anos depois, a ATV foi fundida com a Sony.