Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Morreu George Martin, o “quinto Beatle”

O produtor britânico, inventor do som dos Beatles, tinha 90 anos. Ringo Starr, o baterista, foi quem deu a notícia no Twitter: "God bless George Martin"

O britânico George Martin, conhecido como produtor e elemento essencial na história e no som dos Beatles, morreu ontem, terça-feira, aos 90 anos.

A notícia foi dada no Twitter por Ringo Starr, baterista dos Beatles, e confirmada pela editora Universal.

Nas últimas horas, a família do produtor, que ao longo de uma carreira de seis décadas produziu mais de 700 discos, já agradeceu a todos "pelos seus pensamentos, pelas suas orações e pelas suas mensagens de apoio".

O homem que, em 1962, ofereceu o primeiro contrato aos Beatles morreu em casa, deixando Judy Lockhart Smith, a mulher com quem casara há quase 50 anos, e quatro filhos.

Nascido no Norte de Londres em janeiro de 1926, George Martin foi, além de produtor, arranjador, compositor, engenheiro de som e músico.

No obituário da BBC, o jornalista da BBC Music Mark Savage nota: "Sem George Martin, os Beatles teriam sido uma banda muito diferente. O seu temperamento calmo e a sua experiência técnica permitiram à banda experimentar as suas ideias mais loucas e elaboradas. Muitas vezes, Lennon e McCartney encarregavam-no de fazer os arranjos das suas canções - o quarteto de cordas em 'Yesterday' é obra sua, tendo também tocado piano em 'Misery'".

Em 1971, John Lennon afirmou: "George Martin fez de nós aquilo que éramos em estúdio. Ajudou-nos a desenvolver uma linguagem para falar com os outros músicos".