Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Banda iraniana de heavy metal pode vir a ser executada

Os membros da banda Confess são acusados pelo Governo de Teerão de blasfémia

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Os membros da banda iraniana de heavy metal, Confess, podem vir a ser executados, na sequência de acusações de blasfémia.

Segundo o site Metal Nation News, Siyanor Khosravi e Khosravi Arash Ilkhani foram presos pelo Exército dos Guardiães da Revolução Islâmica em novembro do ano passado.

Os músicos são acusados de blasfémia, bem como de tocarem heavy metal, serem proprietários de uma editora discográfica independente e comunicarem com estações de rádio estrangeiras, escreve a Uncut, citando aquele site.

Se foram considerados culpados destas acusações, arriscam-se a uma pena de prisão entre os seis meses e os seis anos.

O crime de blasfémia pode, porém, conduzir à execução.

Segundo Tara Sepheri Far, da organização Human Rights Watch, a dupla de "I'm Your God Now!" deve vir a ser condenada a uma pena de prisão até cinco anos.

Esta pesquisadora acredita que a banda venha a ser acusada de "insultar crenças ancestrais", tal como já sucedeu com outros músicos, e não de ofender o profeta, crime punido com a pena de morte.

"Os músicos iranianos, sobretudo os que tocam música ocidental não clássica, operam num campo minado. Devido à censura extrema, a maioria destes grupos atua de forma clandestina. O conteúdo das suas letras, conjugado com o tipo de música que tocam, pode violar regras não escritas às quais as autoridades esperam que os músicos adiram", explicou Tara Sepheri Far, citada pela Uncut.