Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Grammys: Kendrick Lamar incendiou a cerimónia

Kendrick Lamar lançou chamas ao Staples Center, em Los Angeles, numa das mais surpreendentes atuações da noite

"The Blacker the Berry" e "Alright" foram os temas escolhidos por Kendrick Lamar para a sua intensa particpação na 58ª edição dos Grammys, em Los Angeles, ontem à noite. Lamar e a banda surgiram primeiro num cenário prisional, ele próprio preso por algemas, que mais tarde se alterou para uma grande fogueira tribal.

A performance, muito longe da tradicional atuação de contornos comerciais que caracteriza as galas de entrega de Grammys, foi marcada por um cunho artístico pouco habital.

No final, o cenário ficou preenchido com uma mapa de África e a palavra Compton, bairro de onde Lamar é original, em Los Angeles, no interior.

Como é seu apanágio, o tema era uma intricada composição marcada pelo hip-hop mas também pelo jazz, reggae e música tribal.

Kendrick Lamar não venceu, porém, nenhuma das duas principais categorias para que estava nomeado. Apesar de ter prometido levar para casa todos os 11 Grammys para que estava nomeado, Lamar conquisto "apenas" cinco dos troféus.