Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

C4 Pedro retira videoclip polémico após críticas de que incita à violação

O vídeo de “Azar da Belita” foi fortemente criticado nas redes sociais. Cantor angolano pediu desculpas em comunicado

C4 Pedro decidiu retirar o videoclipe de “Azar da Belita” da internet, depois de este ter sido alvo de várias críticas nas redes sociais, nomeadamente do blogue Maria Capaz. “Devido aos recentes acontecimentos, comentários e reações ao meu vídeo ‘Azar da Belita’, venho por este meio pedir publicamente desculpas a todas e todos aqueles que de algum modo se sentiram ofendidos pelo seu conteúdo”, disse, em comunicado publicado na sua página de Facebook.

Apesar de o vídeo ter sido retirado, ainda está disponível no Youtube um teaser do mesmo, publicado no ano passado, onde se vê o cantor e um grupo de homens a perseguir uma mulher enquanto C4 Pedro diz “quando estou no club e elas vêm com aquela mania do estilo / Não quero, sei lá, não fazes o meu estilo, não gostei de ti / E eu tento me controlar, né? Tipo vou nas calmas”. Na letra de “Azar de Belita” estão presentes também frases como “Aceita agora, aceita / Porque depois vai ser pior / Esse é o azar da Belita, aceita”.

“Em ocasião alguma quis ofender alguém e, em particular, as mulheres. Sou pai e tenho 4 filhas que amo muito e nunca tais valores fizeram parte da educação que os meus pais me deram”, defendeu ainda o cantor angolano. No final do comunicado, C4 Pedro deixou a letra da sua canção “Tu És a Mulher”.

A maior parte das críticas provinha da página de Facebook Stop Azar da Belita – C4 Pedro, onde o cantor é ainda criticado por se ter vitimizado no pedido de desculpas. “Esta página não será eliminada enquanto ele achar que não fez nada de mal e só pediu desculpas porque há alguns fãs magoados” pode ler-se numa das publicações. A página existe desde novembro do ano passado e reitera várias vezes que a misoginia e o machismo são temas recorrentes na atual música angolana.