Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Banda de hard rock dos Estados Unidos perde três membros em acidente de carro

Na Suécia, os britânicos Viola Beach perderam a vida na sequência da queda de uma ponte. Nos Estados Unidos, a banda Counter Flux ficou sem três músicos, num acidente envolvendo outro condutor

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Depois de, às primeiras horas de sábado, a jovem banda inglesa Viola Beach ter morrido num acidente de viação na Suécia, chega a notícia de que também nos Estados Unidos, no mesmo dia, três músicos morreram na estrada.

Devin Bachmann, de 26 anos, Earl Miller, de 27, e Kyle Canter, de 23, membros do grupo de hard rock CounterFlux, foram vitimados pela colisão com um veículo que seguia em contramão na autoestrada.

Uma amiga da banda, Vashti Nicole Brown, também morreu no acidente.

A carrinha dos CounterFlux embateu contra um veículo que seguia em contramão, conduzido por um homem de 61 anos que também perdeu a vida. Este automobilista tinha saído há poucos dias da prisão, onde cumprira pena por uma infração de trânsito.

No Facebook, o baixista da banda, Aleks Clayborn confirmou a notícia, escrevendo que os músicos que morreram no acidente eram "como irmãos" para si e para o baterista Matt Dennedy. "Vamos rezar pelas suas famílias, nenhum pai devia ter de passar por isto". O músico prometeu também acabar de gravar o álbum em que a banda estava a trabalhar, como homenagem aos músicos desaparecidos.

"Por favor, quando estiverem num bar, a dar um concerto ou a ver um concerto ou o que quer que seja, levem uma pessoa para conduzir, se estiverem a pensar beber, ou então chamem um táxi. As vossas ações e escolhas não vos afetam só a vocês e um carro com multa pode ser substituído, ao passo que uma vida não".

A polícia suspeita que o homem que causou o acidente estivesse sob o efeito de álcool.