Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Kanye West diz que a letra em que chama “bitch” a Taylor Swift foi ideia dela

Os versos da polémica são: “I feel like me and Taylor might still have sex / I made that bitch famous”. A justificação chegou em vários tweets, claro

Kanye West defende-se: a culpa não é, afirma, sua. Taylor Swift é referida na letra de "Famous", canção que faz parte do novo álbum de Kanye West, The Life of Pablo, ontem apresentado. O verso que causou celeuma foi: "I feel like me and Taylor might still have sex / I made that bitch famous". Taylor Swift prontamente acusou Kanye West de misoginia. Ficou instalada a discórdia entre duas das maiores estrelas da música.

A letra refere-se ao incidente causado por West na cerimónia dos prémios de vídeo da MTV em 2009. O rapper interrompeu a entrega do ceptro de Melhor Artista Feminina a Swift, que assim levou de vencida Beyoncé Knowles, favorita de West. Os dois recoinciliara-se-iam na edição do ano passado dos mesmos prémios, quando a artista entregou a West o prémio de carreira.

No Twitter, West diz agora que não "atirou" contra Swift e que o essencial da letra terá sido mesmo ideia da cantora. "Telefonei à Taylor e conversei com ela durante uma hora sobre esse verso. Ela achou engraçado e deu a sua bênção. Nem sequer quero ter crédito pela ideia, foi ela que veio com isso! Foi num jantar com um amigo que nem vou dizer quem é... ela disse-lhe 'não consigo enfurecer-me com o Kanye porque ele fez com que ficasse famosa'". Seguiu-se a hashtag #FACTS.

Sobre a expressão "bitch", a defesa de Kanye: "é uma expressão do hip-hop, tal como 'nigga'". "Sou um artista e como artista vou exprimir-me tal como me sinto, sem censura. Pedi à minha mulher permissão e por ela estava tudo ok". A novela segue dentro de momentos.