Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Festival de Woodstock pode regressar para celebrar 50 anos

Um dos fundadores da primeira e mítica edição do festival de Woodstock pondera fazer regressar o evento

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Um dos fundadores do festival de Woodstock, cuja primeira e mítica edição aconteceu em 1969, pondera trazer de volta o evento em 2019, de forma a celebrar os seus 50 anos.

Numa entrevista citada pelo Consequence of Sound, Lang mostrou que mantém a intenção revelada inicialmente em 2014, acrescentando estar em negociações com potenciais parceiros, estudando possíveis localizações para acolher o festival.

O promotor não põe de parte a possibilidade de realizar, também, o festival fora dos Estados Unidos, e gostaria de, após a edição comemorativa de 2019, fazer do evento um certame anual.

"Woodstock é a mais original e famosa marca de festivais. Com a quantidade de festivais atualmente, e a excitação que trazem, talvez seja altura de o trazer de volta".

Michael Lang ajudou a fundar o primeiro Woodstock, tendo também estado envolvido nas edições de 1994 e 1999. Em 2009, tentou sem sucesso organizar uma edição de 40º aniversário em Brooklyn, Nova Iorque.

Jimi Hendrix, Janis Joplin, Santana e The Who foram alguns dos artistas que participaram na primeira edição de Woodstock, em agosto de 1969.