Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Phil Anselmo

Getty Images

Comunidade do heavy metal contra Phil Anselmo

São várias as vozes que se têm insurgido contra o ex-Pantera, após nova polémica racista

Depois de Robb Flynn, dos Machine Head, ter instado a comunidade metálica a não deixar passar incólume o gesto racista de Phil Anselmo, são várias as vozes que se têm insurgido contra o ex-vocalista dos Pantera.

Os All Shall Perish, banda californiana de deathcore, foram uma delas, tendo escrito que "as acções do Phil e a sua justificação cobarde são nojentas e indesculpáveis". Já Mike Schleibaum, dos Darkest Hour, disse que "o racismo não tem lugar no metal".

Já Sebastian Bach, dos Skid Row, escreveu no Twitter que "as pessoas que gritam 'Poder Branco' são umas mariquinhas, tal como as que concordam ou não criticam".

Um dos poucos artistas a mostrar o seu apoio a Phil Anselmo foi Adam Crosier, dos Hymns, que disse que "este ataque a Phil Anselmo que tem sido feito pelos media chegou a um nível desprezível", acrescentando que "Anselmo não é racista, sem qualquer sombra de dúvida".

Recorde-se que Anselmo fez uma saudação nazi no final de um concerto de homenagem a Dimebag Darrell, seu colega nos Pantera, tendo na altura dito que tudo não passava de uma brincadeira provocada pelo consumo de vinho branco. No sábado passado, o músico pediu publicamente desculpas pelo gesto, pedindo igualmente "uma segunda oportunidade".