Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Katy Winn

Eis a homenagem de Beck a David Bowie

Músico juntou a sua voz às de Trent Reznor e Bono, na Rolling Stone

Também Beck fez uma elegia a David Bowie, lado a lado com outros músicos influenciados pelo Starman, como Trent Reznor e Bono. O californiano disse de Bowie que este era como "uma placa de sinalização": "Ele era alguém em direcção a quem tu apontas caminho, ou contra quem medes o que estás a fazer", explicou.

Beck contou ainda sobre a primeira vez que viu Bowie ao vivo, após ter começado a apreciar a música do britânico aos 12 anos. "O meu ponto de entrada foi o Hunky Dory", conta. "Vi-o na digressão do Let's Dance. Ele só tinha 30 e poucos anos, mas já detinha o peso de uma lenda".

Para o músico norte-americano, Bowie é igualmente a ponte entre os crooners antigos e os vocalistas rock: "Ele pegava nesses dois mundos de uma forma que mais ninguém conseguiu. Quando ouvi a "Black Star" do Elvis, o Blackstar do Bowie fez mais sentido do que poderia imaginar", explicou.

Beck e Bowie encontraram-se poucas vezes, mas o primeiro guarda esses momentos com carinho. "Era um dos meus conversadores favoritos. Tinha um intelecto bastante vivo", diz. "Fiz algumas remisturas para ele, e gostaria de ter feito mais, ter estado mais tempo com ele. Houve um momento em que conversámos sobre fazer algo juntos... Teria sido para mim um projecto de sonho".