Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Steven Tyler (Aerosmith)

Getty Images

O que tem Steven Tyler (Aerosmith) a ver com a reunião dos Guns N' Roses? Tudo

Vocalista dos Aerosmith diz que ajudou a convencer Axl Rose a juntar-se aos ex-colegas de banda, mas que Slash se mostrou mais recetivo à ideia

Steven Tyler, vocalista dos Aerosmith, confessou ao radialista Howard Stern que teve um papel decisivo na recentemente anunciada reunião da formação clássica dos Guns N' Roses, que junta de novo Axl Rose, Slash e Duff McKagan: "disse ao Axl, 'precisam de se juntar novamente rapidamente porque todos nós sentimos a vossa falta'".

O músico explica que o que disse ao líder dos Guns N' Roses, de todas as vezes que o encontrou nos últimos anos, foi o mesmo que Jon Bon Jovi lhe disse "quando eu e o Joe [Perry] andávamos às turras". O vocalista dos Bon Jovi ter-se-á aproximado dele quando estava em reabilitação para lhe dizer: "as pessoas precisam de vocês".

"Há um lugar e um tempo indicado para a reunião e se não o fizeres vais perder o comboio", continuou Tyler, "e daqui a uns quatro ou cinco anos, ninguém saberia quem eles foram ou se interessaria pelo facto de eles andarem ou não em digressão".

O músico diz que também abordou Slash e que este se mostrou mais recetivo à ideia de se juntar de novo aos Guns N' Roses. Sobre aquilo que levou a que Axl e os antigos colegas de banda se zangassem, Tyler não diz nada mas revela que "percebe tudo": "só espero que ele perceba que não deve estar zangado com o Duff ou o Slash e que é o vocalista de uma grande banda. E que o mundo quer ver o Axl com a banda original".

Recorde-se que, até ao momento, os Guns N' Roses anunciaram quatro concertos. Os primeiros realizam-se na T-Mobile Arena, em Las Vegas, a 8 e 9 de abril e os outros dois no festival de Coachella, a 16 e 23 de abril. Esta será a primeira vez que Axl Rose e Slash se juntam em palco desde 1993.