Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Relações-públicas norte-americano acusado de assédio sexual por elementos femininos de Best Coast e Dirty Projectors

Amber Coffman e Bethany Cosentino revelaram ter sido assediadas por Heathcliff Berru

Amber Coffman, guitarrista dos Dirty Projectors, e Bethany Cosentino, líder dos Best Coast, acusaram o fundador de uma empresa de relações-públicas e management de artistas de assédio sexual.

Na sua conta pessoal do Twitter, Coffman descreveu uma situação vivida há alguns anos em que Heathcliff Berru, o RP em questão, a apalpou num bar e lhe mordeu o cabelo. A artista diz que, ao longo dos anos, ouviu várias mulheres a contar histórias pouco lisonjeiras acerca de Berru, "mas estão demasiado assustadas para falar".

Após esta sucessão de posts, Bethany Cosentino mostrou o seu apoio para com Coffman, tendo partilhado também no Twitter que Berru "não é boa pessoa, de todo" e agradecendo à colega de profissão pela coragem.

O caso, entretanto, criou ondas no circuito independente norte-americano. Foram várias as mulheres e artistas musicais a revelar comportamentos incorrectos por parte de Heathcliff Berru, com numerosos outros a cortar quaisquer relações profissionais com o RP, casos de Wavves e dos DIIV. Quanto a Berru, acabou por se despedir da empresa que fundou, não tecendo quaisquer outros comentários em relação às acusações.