Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Brian Eno

Somos todos Bowie: "Recebi um email dele há sete dias e vinha assinado 'Dawn'. Estava a despedir-se", Brian Eno

Produtor britânico trabalhou com Bowie em Outside, de 1995, e diz que estavam a planear revisitar o álbum

O produtor britânico Brian Eno foi um dos amigos de David Bowie a reagir de forma emocionada, e surpreendida, à sua morte. Os dois músicos trabalharam juntos na chamada "trilogia de Berlim" (os álbuns Low, Heroes e Lodger), nos anos 70, e voltaram a colaborar em Outside, de 1995.

Veja abaixo a mensagem que o músico divulgou.

"A morte do David foi uma completa surpresa, como quase tudo nele. Sinto um grande vazio. Conhecemo-nos há mais de 40 anos, uma amizade que foi sempre tingida por ecos de Pete e Dud. Nos últimos anos – com ele a viver em Nova Iorque e eu em Londres – comunicávamos por email. Assinávamos com nomes inventados: alguns dos dele eram Mr. Showbiz, Milton Keynes, Rhoda Borrocks e The Duke of Ear. Acerca de um ano, começámos a falar de Outside – o último álbum em que trabalhámos juntos. Ambos gostávamos muito desse álbum e sentíamos que foi mal compreendido. Falávamos em revisitá-lo, levá-lo a novas paragens. Estava ansioso por fazer isso. Recebi um email dele há sete dias. Era, como sempre, divertido e surreal, em espiral entre jogos de palavras e referências e as coisas normais que fazíamos. Acabava com esta frase: 'obrigado pelos bons tempos, Brian. Nunca vão definhar'. E estava assinado como 'Dawn'. Percebi agora que estava a despedir-se"