Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

David Bowie fez visita secreta a Londres para dizer adeus à cidade que amava

Depois de ter sido diagnosticado com cancro, o músico inglês levou a mulher e a filha à cidade onde nasceu e se revelou

David Bowie fez uma última visita a Londres para mostrar à mulher, Iman, e à filha de ambos, Lexi, os locais da sua predileção. A viagem teve lugar em 2014, depois de Bowie saber que sofria de cancro e foi também um adeus à cidade onde nasceu e se fez estrela. A estada de Bowie e família em Londres passou despercebida do público.

Bowie, Iman e Lexi visitaram a Torre de Londres, o London Eye e a casa onde o cantor nasceu, no bairro de Brixton, não muito longe do local onde por estes dias os fãs prestam homenagem ao músico. Segundo o Daily Mail, Bowie terá ultrapassado o seu medo de viajar de avião para se despedir da capital inglesa. Voou para Luton, um aeroporto secundário e ficou, avança o mesmo jornal, no hotel Jumeirah Carlton Tower, em Knightsbridge, onde uma diária pode ir de 300 a 1800 libras.

Além de passar pela casa onde Bowie nasceu, a família do artista passou depois por Bromley, no sudeste londrino, para conhecer a casa que a família Jones habitou a partir dos anos 50. Também no itinerário a morada em Foxgrove Road onde Bowie se encontrava em março de 1969, antes de lançar «Space Oddity». Segundo aquele diário inglês, a filha de Bowie - então com 13 anos - tirou uma fotografia no exterior da casa do sul de Londres.

Em 2014, Iman referiu a viagem numa entrevista: "Fomos este verão e ninguém soube que estávamos lá. Fizemos coisas diferentes todos os dias e a imprensa nunca soube. (...) É absurda a ideia de que as celebridades não podem ter uma vida anónima. Até fomos ao London Eye".

Apesar de ter, em tempos, considerado mudar-se para Londres - Bowie tem casa lá -, permaneceu em Nova Iorque até à morte do artista.