Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Revelada a causa da morte de David Bowie

O músico inglês morreu aos 69 anos, vítima de cancro, mas já tinha sofrido outros problemas graves de saúde

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Cancro do fígado: foi esta a causa da morte de David Bowie, no passado domingo, 10 de janeiro, aos 69 anos.

A notícia foi dada pelo belga Ivo van Hove, que trabalhou com o músico no musical Lazarus, em Nova Iorque.

"Começámos a colaborar no nosso espetáculo e a certa altura ele chamou-me para dizer que não ia conseguir estar sempre lá, devido à sua doença. Disse-me que tinha cancro, cancro do fígado", conta.

"O elenco nunca soube e desconfio que os músicos com quem ele gravou Blackstar também não", acrescenta, citado pelo The Independent. "Ele fez todos os esforços para terminar ambos os projetos a tempo e para não deixar que a doença o derrotasse".

Mesmo no "leito da morte", diz Ivo van Hove, "Bowie continuava a escrever. Lutou como um leão e continuou a trabalhar o tempo todo. Tinha um respeito tremendo por isso".

Entretanto, Wendy Leigh, que em 2014 publicou uma biografia de David Bowie, afirmou que o britânico sofreu um total de seis ataques cardíacos. À BBC, disse: "Ele não estava a lutar apenas contra o cancro... Nos últimos anos, teve seis ataques cardíacos. Soube disto por alguém muito próximo dele".

Uma das figuras seminais da cultura pop das últimas cinco décadas, David Bowie tem sido homenageado por pessoas dos mais diversos quadrantes. Acompanhe a nossa cobertura no site da BLITZ.