Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Ouviu bem? Tampões para ouvidos celebram o 100º aniversário

Foi há cem anos atrás que os tampões para os ouvidos chegaram ao mercado e se disseminaram pelo mundo

São um artigo indispensável para os grandes concertos - em termos de volume, isto é. Há mesmo casos de bandas que oferecem tampões para os ouvidos ao público que vai assistir aos seus concertos, como os irlandeses My Bloody Valentine fizeram, em 2009, antes de um concerto no Algarve.

Mas, muito antes de o serem para a música, os tampões para os ouvidos eram indispensáveis para os soldados alemães que combateram na I Guerra Mundial. Max Negwer, um farmacêutico berlinense, concebeu os primeiros tampões para os ouvidos em 1907, apelidando-os de "Ohropax", uma fusão entre "ouvido" em alemão e "paz" em latim.

Foi precisamente a guerra que chamou a atenção para o seu produto, após milhares de combatentes regressarem surdos das linhas da frente. Negwer passou a publicitá-lo como uma protecção essencial contra o som da artilharia. Apesar do seu país ter perdido a guerra, o Ohropax dominou os mercados, sendo exportado para 42 países. A batalha contra o ruído, essa, Negwer venceu-a.