Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Sobreviventes do Bataclan falam à BBC

Seis dos sobreviventes do ataque à sala de espetáculos parisiense contaram à BBC o horror que viveram.

Seis dos sobreviventes dos ataques terroristas à sala de espetáculos Bataclan, em Paris, contaram à BBC aquilo por que passaram na fatídica noite de 13 de novembro. Num vídeo com pouco mais de 25 minutos, contam como escaparam aos terroristas e como têm refeito a sua vida desde então. Os relatos são impressionantes e revelam muito daquilo que se passou dentro do Bataclan. "Estava com a cara em sangue. Alguém tinha sido baleado. [Pensei] Isto está realmente a acontecer", conta uma das sobreviventes, juntamente com o seu namorado: "Olhei para o lado e pude ver [os terroristas], todos de preto. Pensei: vão apontar para nós e disparar". Um dos jornalistas presentes no Bataclan para cobrir o concerto dos Eagles of Death Metal, que acabou por ser feito refém, falou da sua interacção com os terroristas. "Disseram-nos que não nos iam matar. Foi estranho, porque toda a gente no Bataclan pensou o contrário", diz. Os sobreviventes revelaram ainda aquilo que, possivelmente, iria na cabeça dos terroristas durante o ataque. "Tiraram notas do bolso, de 50 euros, e pediram a um dos reféns para as queimar. E disseram-nos que podíamos agradecer ao nosso Presidente por causa dos bombardeamentos na Síria e no Iraque... Pareciam muito determinados e como se tivessem tomado drogas", conta ainda o mesmo jornalista. O vídeo, disponível no website da BBC, pode ser visto através deste link.