Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Festivais

MEO Marés Vivas 2017

Hugo Sousa

Festival Marés Vivas renova contrato com a MEO. Mas ainda não sabe onde se vai realizar em 2018

A 16ª edição do festival de Vila Nova de Gaia já tem datas

Em conferência de imprensa realizada ontem (domingo) à noite, a organização do festival MEO Marés Vivas anunciou ter renovado contrato com a operadora de telecomunicações por mais três anos, o que significa que o evento irá continuar.

Só não se sabe, ainda, qual será o local que acolherá a 16ª edição do festival, que se realiza em julho de 2018. A Praia do Cabedelo, em Vila Nova de Gaia, tê-lo-à feito pela última vez, este ano.

Esta mudança deve-se à necessidade de aumentar o espaço, que acolhe 25 mil pessoas por dia e 75 mil na totalidade; segundo Jorge Silva, da promotora PEV Entertainment, houve procura para o dobro. "Precisamos de mais espaço", salientou. A intenção da organização passa por ficar, uma vez mais, na zona ribeirinha de Vila Nova de Gaia.

Já o Presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, afirmou que o MEO Marés Vivas de 2018 "vai ser num sítio tão idílico como este, se não puder ser este. Vamos ver se é a despedida. Há um constrangimento muito evidente porque todos sabemos que este é um terreno privado e há uma urbanização acordada desde 2008".

Já existem, inclusive, datas para a edição de 2018: deverá esta realizar-se ao longo de três dias, entre 19 e 22 de julho, não se sabendo ainda se o festival se irá iniciar numa quinta (19 de julho) ou sexta-feira (20 de julho).