Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Festivais

Alerta Festivais: Scott Weiland (ex-Stone Temple Pilots, Velvet Revolver) também já sabe que os Guns N'Roses se vão reunir

Reunião da formação clássica dos Guns N'Roses para concertos em 2016 é tida como certa por antigo companheiro de Slash nos Velvet Revolver. Banda de 'Welcome to the Jungle' tem propostas para tocar em Portugal.

Os rumores de uma reunião da formação dos Guns N'Roses que gravou o álbum Appetite for Destruction continuam a intensificar-se. Agora é Scott Weiland, antigo companheiro de Slash nos Velvet Revolver, que o afirma. Em entrevista ao site Alternative Nation, o vocalista norte-americano aborda as relações turbulentas que manteve, a certa altura, com Axl Rose, e remata com "mas creio que os Guns N'Roses vão reunir-se". A convicção nos bastidores de que o grupo se apresta a voltar à estrada com a formação de Appetite For Destruction é, pois, cada vez maior. Questionado sobre a proveniência da informação, Weiland foi lacónico: "Ouvi falar". A BLITZ sabe que o grupo já tem, pelo menos, uma proposta para tocar em Portugal na primeira metade de 2016 - noticiámo-lo a meio de outubro. Na digressão que poderá trazê-los ao nosso país, a banda de "Paradise City" interpretaria um alinhamento muito assente no álbum que editou em 1987. O que já é certo é que os guitarristas que acompanharam Axl Rose nas últimas digressões, DJ Ashba e Bumblefoot, foram dispensados, dando asas à ideia de que 2016 será ano de uma digressão com a mítica formação da banda. O jornal britânico The Independent afiança que essa digressão será capaz de gerar receitas na ordem dos 77 milhões de euros e cita fontes próximas de promotores internacionais que garantem a existência dessa tournée. Em Portugal, para já, nada está confirmado. Fontes das grandes promotoras de festivais contactadas pela BLITZ em outubro mostram-se reservadas mas assumem que já há propostas para atuações em 2016. A notícia, porém, só poderá ser divulgada quando tudo "estiver preto no branco" ou "confirmado por escrito".