Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Opinião

O dia de Portugal é quando um homem quiser

Portugal não é uma bandeira ou uma música. Portugal é muitas coisas. E todos os dias, assegura Rui Miguel Abreu

Hoje é dia de Portugal. Já foi dia da raça e hoje é de Camões e das Comunidades. É feriado, sexta-feira ainda por cima. Portugal e Santo António deram as mãos por cima do fim de semana, em Lisboa pelo menos, e criaram aqui uma oportunidade para umas mini-férias que uns gozam no Primavera Sound e outros na Praia. O Presidente faz discursos. Uns quantos exaltam a memória da outra senhora sem terem noção de ridículo ou decência.

Portugal, como o Natal, é quando um homem quiser. E onde e como um homem quiser. Com essa ideia bem presente proponho aqui uma banda sonora para a vossa tarde. Cheia de Portugal e de mundo, com algumas cantigas incríveis. Bom feriado!