Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Listas

Capitão Fausto

Rita Carmo

Melhores do Ano BLITZ: e o melhor álbum nacional de 2016 é...

A equipa da BLITZ escolheu os seus álbuns favoritos do ano. E o que recolheu mais votos entre os portugueses foi o de...

Os Capitão Fausto, com Capitão Fausto Têm os Dias Contados, têm o melhor álbum nacional do ano para a revista BLITZ. Na edição que depois de amanhã chega às bancas, desenvolvemos esta mesma lista de melhores de 2016, com textos longos e topes completos.

Recorde abaixo a crítica a Capitão Fausto Têm os Dias Contados, assinada por Luís Guerra e publicada originalmente na BLITZ de maio de 2016.

"Capitão Fausto Têm Os Dias Contados"

"Capitão Fausto Têm Os Dias Contados"

Os melhores anos

Ao terceiro álbum, o quinteto de Lisboa desacelera 
e faz-se grande. A juventude ainda não acabou, 
eles é que pensam que sim.

É um tema batido aos vinte e qualquer coisa, ai que os 30 vêm aí: a faculdade já lá vai, trabalhar faz-nos homens e mulheres, onde é que já vão aqueles verões da adolescência que se julgavam eternos? A primeira nostalgia – ou o primeiro contacto com a finitude – dá-se por aí. Já éramos mais velhos e sábios que os irmãos mais novos, agora dão-nos sobrinhos. Mais tarde perceberemos que a vida pode, de facto, começar aí, por muito que os «ais» dos primeiros fins nos toldem a perceção.

Os «dias contados» dos Capitão Fausto são a estilização desse dilema que é saber que, se tudo correr bem, há mais 60 anos à nossa frente e já nos dói qualquer coisa. É um estupendo dilema: joga-se com o que se tem, tenta adivinhar-se o que aí vem, transformam-se fins em princípios, está tudo a correr mal mas vai tudo correr bem. O início, «Morro na Praia»: «Trabalhar nunca me fez bem nenhum / mas é melhor que ver o tempo a passar / Atrasado faço mais um refrão / ao menos vou gastar o tempo todo a cantar». Estes não são os Capitão Fausto torrenciais de «Litoral» ou «Maneiras Más», é uma banda que olhou para si e engendrou um simulacro de maturidade na forma de uma pop com tendência barroca (ma non troppo) e um classicismo que nos faz viajar às dores de crescimento de Modern Life Is Rubbish, dos Blur.

Eficácia pop é o que nos apresenta «Amanhã Tou Melhor», letra sobre máscaras que se projetam, cordas, sopros e metais (novidade por aqui) a incutirem um lado pastoral que soaria inesperado na pujança de Pesar o Sol. Mais solenidade em «Semana em Semana», uma evocação do sentimento de um Paul McCartney dos 28/29 anos fixado no fabuloso Ram. Canta-se o machado afiado do fisco e repete-se, adoravelmente, isto: «Eu não vou para a Comporta saltitar no verão». Beach Boys corais em «Corazón», guitarras e teclados a pingar nostalgia em «Mil e Quinze» e o corolário perfeito em «Alvalade Espera Por Mim», um fim vaudeville (riff clássico de James Bond incluído) e o fim da juventude sublinhado: «Nunca esquecer que a mocidade para nós chegou ao fim». É o que eles pensam.

Luís Guerra

Veja em baixo a lista completa dos Melhores Álbuns Nacionais de 2016 para a BLITZ em contagem decrescente:

30. Retimbrar - Voa Pé
1 / 20

30. Retimbrar - Voa Pé

29. Alex Rein - Mirror Lane
2 / 20

29. Alex Rein - Mirror Lane

28. Señoritas - Acho que é Meu Dever Não Gostar
3 / 20

28. Señoritas - Acho que é Meu Dever Não Gostar

27. Octa Push - Língua
4 / 20

27. Octa Push - Língua

26. Conjunto Corona - Cimo de Vila Velvet Cantiga
5 / 20

26. Conjunto Corona - Cimo de Vila Velvet Cantiga

25. Carminho - Carminho Canta Jobim
6 / 20

25. Carminho - Carminho Canta Jobim

24. Deolinda - Outras Histórias
7 / 20

24. Deolinda - Outras Histórias

23. Osso Vaidoso - Miopia
8 / 20

23. Osso Vaidoso - Miopia

22. Medeiros/Lucas - Terra do Corpo
9 / 20

22. Medeiros/Lucas - Terra do Corpo

21. Joana Barra Vaz - Mergulho em Loba
10 / 20

21. Joana Barra Vaz - Mergulho em Loba

20. PAUS - Mitra
11 / 20

20. PAUS - Mitra

19. White Haus - Modern Dancing
12 / 20

19. White Haus - Modern Dancing

18. Old Jerusalem - A Rose Is a Rose is a Rose
13 / 20

18. Old Jerusalem - A Rose Is a Rose is a Rose

17. Filho da Mãe - Mergulho
14 / 20

17. Filho da Mãe - Mergulho

16. NBC - Toda a Gente Pode Ser Tudo
15 / 20

16. NBC - Toda a Gente Pode Ser Tudo

15. Capicua e Pedro Geraldes - Mão Verde
16 / 20

15. Capicua e Pedro Geraldes - Mão Verde

14. Marta Ren & The Groovelvets - Stop Look Listen
17 / 20

14. Marta Ren & The Groovelvets - Stop Look Listen

13. Noiserv - 00.00.00.00
18 / 20

13. Noiserv - 00.00.00.00

12. peixe:avião - Peso Morto
19 / 20

12. peixe:avião - Peso Morto

11. You Can’t Win, Charlie Brown - Marrow
20 / 20

11. You Can’t Win, Charlie Brown - Marrow

10. Rodrigo Leão & Scott Matthew - Life is Long
1 / 10

10. Rodrigo Leão & Scott Matthew - Life is Long

9. António Zambujo - Até Pensei Que Fosse Minha
2 / 10

9. António Zambujo - Até Pensei Que Fosse Minha

8. Norberto Lobo - Muxama
3 / 10

8. Norberto Lobo - Muxama

7. Sensible Soccers - Villa Soledade
4 / 10

7. Sensible Soccers - Villa Soledade

6. Linda Martini - Sirumba
5 / 10

6. Linda Martini - Sirumba

5. Samuel Úria - Carga de Ombro
6 / 10

5. Samuel Úria - Carga de Ombro

4. Bruno Pernadas - Those Who Throw Objects at Crocodiles Will Be Asked to Retrieve Them
7 / 10

4. Bruno Pernadas - Those Who Throw Objects at Crocodiles Will Be Asked to Retrieve Them

3. Cristina Branco - Menina
8 / 10

3. Cristina Branco - Menina

2. Gisela João - Nua
9 / 10

2. Gisela João - Nua

1. Capitão Fausto - Têm os Dias Contados
10 / 10

1. Capitão Fausto - Têm os Dias Contados