Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Listas

A lista das celebridades que prometeram deixar os EUA se Trump vencesse as eleições

Antes e depois das eleições presidenciais, são muitos os que ponderaram emigrar

As ondas de choque potenciadas pelo resultado das eleições presidenciais norte-americanas fizeram-se sentir um pouco por todo o mundo.

No Canadá, o website dos serviços de emigração chegou mesmo a ir abaixo devido ao elevado número de acessos, ecoando a promessa de muitos antes e depois das eleições: sair do país, em caso de vitória de Trump.

Entre estes encontram-se várias celebridades, como o comediante Jon Stewart, as cantoras Cher e Miley Cyrus e o realizador Spike Lee. Confira aqui algumas das celebridades que prometeram mudar-se caso Trump vencesse e o que disseram:

1. Jon Stewart, comediante: "[Se Trump ganhar] vou ponderar enfiar-me num foguetão e ir para outro planeta, porque este enlouqueceu"
2. Lena Dunham, comediante: "Sei que muita gente o tem ameaçado, mas eu irei realmente fazê-lo"
3. Chloë Sevigny, atriz: "Para onde me irei mudar? Nova Escócia [Canadá]"
4. Al Sharpton, ministro baptista e ativista: "Estou aberto [à ideia] de apoiar qualquer pessoa, ao mesmo tempo que reservo o meu bilhete daqui para fora"
5. Spike Lee, realizador: "[Vou mudar-me] para a república de Brooklyn, Nova Iorque"
6. Amber Rose, modelo: "Nem consigo pensar sobre isso. Vou mudar-me, estou fora. Não consigo [ficar]. E levo o meu filho comigo"
7. Samuel L. Jackson, ator: "Se aquele gajo se tornar presidente mudo-me para a África do Sul"
8. Cher, cantora: "Se [Trump] for eleito mudo-me para Júpiter"
9. Barbra Streisand, cantora: "Ou vou para a Austrália ou para o Canadá"
10. Whoopi Goldberg, atriz: "Talvez seja altura de me mudar"
11. Miley Cyrus, cantora: "Vou mudar-me se este homem for presidente. Não faço promessas que não cumpro"
12. Amy Schumer, comediante: "Preciso de aprender espanhol porque me mudarei para Espanha, ou assim... Uma vitória de Trump está além da minha compreensão"