Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Listas

Ainda há espaço para mais uma lista de melhores do ano? Veja aqui a do Guardian

Björk está no top 10 dos críticos musicais do influente jornal britânico.

Quase a fechar o ano, o jornal britânico The Guardian partilhou o top dos seus melhores discos de 2015. No primeiro lugar encontra-se o campeão das listas deste ano: Kendrick Lamar, com To Pimp a Butterfly. Sobre aquele que foi, também, o disco do ano para a BLITZ, escreve o The Guardian: "Não foi, com certeza, o primeiro álbum recente a ser comparado aos lendários apelos da música negra em tempos de tormenta: What's Goin' On de Marvin Gaye, There's No Place Like America Today, de Curtis Mayfield, There's a Riot Goin' On, de Sly and the Family Stone. Mas, pela primeira vez, a comparação não parece exagerada". "Tal como a decisão de Sly Stone de retirar o brilho otimista da sua música refletiu na perfeição o pessimismo de 1971, To Pimp a Butterfly foi o álbum certo, do artista certo, na altura certa. Cheio de raiva e desespero pós-Ferguson, complicado e claustrofóbico, minado de inquietação e dúvidas sobre si mesmo, desesperado por encontrar soluções mas incapaz de chegar a verdadeiras conclusões, além de um grito de terror". Veja aqui o resto do top 10 do Guardian Music. 1. Kendrick Lamar - To Pimp a Butterfly 2. Sufjan Stevens - Carrie & Lowell 3. Father John Misty - I Love You, Honeybear 4. Julia Holter - Have You in My Wilderness 5. Björk - Vulnicura 6. Sleater Kinney - No Cities To Love 7. Courtney Barnett - Sometimes I Sit and Think, Sometimes I Just Sit 8. Kamasi Washington - The Epic 9. Young Fathers - White Men Are Black Too 10. Joanna Newsom - Divers