BLITZ Homepage

Disponível para leitores registados

A funcionalidade que tentou aceder encontra-se disponível apenas para leitores registados.

Efectue o login ou registe-se por favor.

×

Bruce Springsteen

Ver os fãs deste artista/banda aqui!
Bruce Springsteen: Apresentação -
"I saw rock and roll future and its name is Bruce Springsteen". Esta frase ficou famosa em 1974, quando Jon Landau (crítico de música e futuro manager do Boss), a publicou no The Real Paper após ter assistido a um concerto memorável de Springsteen em Boston.
E, como se costuma dizer, o resto é história...
Notícias BLITZ

Bruce Springsteen estuda Sócrates e Nietzsche   ( Quarta, 2 de Julho às 18:28, 1 )

Bruce Springsteen continua em Lisboa   ( Domingo, 1 de Junho às 16:14, 1 )

Biografia

Bruce Frederick Joseph Springsteen nasce em Freehold, New Jersey, nos Estados Unidos da América.
Filho de Adele e Douglas Springsteen, uma família da classe média, desde muito novo começa a adquirir o gosto pela música, sendo um dos seus ídolos e também influência: Elvis Presley. Aos 9 anos, não imaginava ninguém que não quisesse ser o Elvis.
A mãe trabalhava como secretária e o pai era motorista. Segundo o próprio Bruce Springsteen, os pais tinham planos diferentes para o seu futuro: a mãe queria que ele fosse escritor, assim poderia ter uma vida melhor, ao contrário do pai que achava que ele devia ser advogado, para poder ser alguém na vida.
Mas ele queria algo mais...

O início das aventuras musicais de Springsteen começa na segunda metade dos anos 60. The Castiles é o nome da primeira banda em que participa, em 1965, como guitarrista. A banda não duraria muito e em 1968 já Springsteen integra uma outra: Earth, um trio de guitarra, baixo e bateria.
Em 1969, o projecto é outro: Child. Mais uma vez de curta duração, o nome também teve de ser alterado por haver já uma banda com esta designação.
Em 1970 nascem os Steel Mill, um projecto que obteve algum reconhecimento na altura por parte da crítica e também do público.
Em 1971, forma os Dr. Zoom & the Sonic Boom, que também teriam uma existência muito curta. Foi uma época em que Bruce fez muitas experiências com diferentes músicos.
Em 1972 seria simplesmente: The Bruce Springsteen Band, uma banda com direito a vozes femininas no coro, e uma pequena secção de metais. Os espectáculos contam-se pelos dedos de uma mão. Depois é formada a mítica E Street Band.
Ainda em 1972 e através de Mike Appel (novo manager de Springsteen), Bruce consegue uma audição com o AR da CBS/Columbia: John Hammond, o mesmo que tinha descoberto Bob Dylan. A audição é um sucesso e Springsteen assina um contrato para dez álbuns com a CBS.

1973 é o ano da estreia discográfica de Bruce, com a edição de "Greetings From Asbury Park, N.J.", mas que não chega a ser um sucesso de vendas.Com o relativo insucesso do primeiro álbum, mesmo antes do final do ano, Springsteen grava e edita o seu segundo, "The Wild, the Innocent & the E Street Shuffle". Mais uma vez na estrada, para promover o novo trabalho, não chega para que as vendas realizadas sejam as desejadas.
Em Maio de 1974, o concerto no Harvard Square Theater, Cambridge, Massachusetts, é presenciado pelo crítico de música Jon Landau, que escreve artigos para o The Real Paper e para a Rolling Stone, que se inspira para escrever uma das frases míticas do jornalismo musical: "I saw rock and roll future and its name is Bruce Springsteen".
"Born to Run", o terceiro álbum, é editado em 1975 e co-produzido pela primeira vez por Jon Landau, o que na realidade não agradou muito a Mike Appel, também ele co-produtor. O novo trabalho é um sucesso, e no dia 27 de Outubro, Bruce aparece simultaneamente na capa das revistas Time e Newsweek.
Springsteen entra com um processo em tribunal, em 1976, contra o seu manager Mike Appel, acusando-o de fraude e alegada quebra de confiança. Este diferendo foi resolvido com um acordo, em 1977, o qual levará o Boss a ter total controlo da sua música.
O quarto álbum de originais é finalmente lançado em 1978: "Darkness on the Edge of Town". A tournée de apoio ao álbum é considerada uma das melhores de Springsteen. Os concertos tornam-se lendários, chegando muitas vezes a ultrapassar as três horas de duração.

Em Outubro de 1980, e pela primeira vez na carreira de Bruce Springsteen, é editado o álbum (duplo) que atinge o nº1 nas tabelas de vendas: "The River". Os concertos batem recordes de duração, chegando mesmo a ultrapassar as 4 horas, como nas três noites seguidas no final do ano, no Nassau Coliseum em Nova Iorque.
No início do ano de 1982, Springsteen grava algumas músicas na sua casa, em New Jersey, num gravador de quatro pistas. É assim que "Nebraska" é lançado, um álbum acústico e intimista, uma semi-vingança em relação ao rótulo que lhe quiseram impôr no início da carreira, quando o apelidaram de ser o novo Dylan.
O primeiro video do Boss é estreado na MTV, e a música escolhida é "Atlantic City". Ironicamente, Bruce Springsteen não aparece no video.
No Verão de 1984, é editado "Born in the U.S.A.", o álbum que lançou definitivamente Bruce Springsteen e a E Street Band a nível mundial. Vende milhões e mantém-se nas tabelas de vendas por mais de dois anos.
A digressão começa logo a seguir... os espectáculos são grandiosos... os bilhetes esgotam num ápice... autênticas maratonas de rock 'n' roll.
Em Janeiro de 1985, Bruce participa nas gravações do álbum "We Are the World", cujo dinheiro das receitas reverterá para o combate da fome em África. Nesse álbum o Boss participa igualmente com uma música inédita ao vivo: "Trapped".
A meio da digressão mundial, o Boss tem ainda tempo para participar com o seu amigo de sempre Little Steven, num projecto contra o apartheid na África do Sul, na música "Sun City".
Em 1986 é lançado o quíntuplo álbum "Bruce Springsteen & the E Street Band Live 1975-85". É o primeiro registo oficial do Boss ao vivo. Na edição em CD, são "apenas" 3 discos.
Em 1987, é editado "Tunnel of Love", considerado por alguns como um fracasso, uma vez que esperavam um "Born in the U.S.A. - parte 2". Pelo contrário, Bruce grava um álbum de canções adultas, sobre o amor e as relações humanas.
Nos meses de Setembro e Outubro de 1988, participa ainda na tournée de apoio à Amnistia Internacional, em defesa dos direitos humanos: The Human Rights Now! Tour. O cartaz inclui outros artistas como: Sting, Tracy Chapman, Peter Gabriel e Youssou N'Dour.Nesse ano é ainda lançado o álbum "Chimes of Freedom" com 4 músicas ao vivo. O titulo é a versão de um tema de Bob Dylan.
Em 1989, a notícia oficial da separação amigável do Boss com a E Street Band, cai que nem uma bomba para todos os fãs e seguidores de Springsteen.

Em Março de 1992, os álbuns "Human Touch" e "Lucky Town" são lançados em simultâneo. A primeira aparição pública de Bruce com a nova banda de apoio tem lugar no programa de televisão americana, Saturday Night Live, em Nova Iorque. É a primeira vez também que Springsteen toca em televisão.
Em Setembro, Bruce Springsteen grava para o programa MTV Unplugged. No entanto, Springsteen prefere tocar as músicas em registo eléctrico. No ano seguinte, 1993, é editado o álbum dessa gravação: "In Concert - MTV Plugged".
1 de Maio 1993 - Bruce Springsteen toca pela primeira vez em Portugal.
A pedido do realizador Jonathan Demme("O Silêncio dos Inocentes"), Springsteen grava a música que será o seu maior sucesso na década de 90, "Streets of Philadelphia", para a banda sonora do filme "Philadelphia". Foi galardoada com um Óscar.
Em 1995 é lançado "Greatest Hits", uma compilação de algumas das melhores músicas de Springsteen, incluindo 5 temas inéditos. Serviu também como pretexto para se juntarem todos os elementos da E Street Band. Estas sessões de estúdio foram registadas em video e lançadas em DVD com o título "Blood Brothers".
Em Novembro de 1995 é lançado "The Ghost of Tom Joad", um álbum baseado na história e nos ambientes de "As Vinhas da Ira", de John Steinbeck, mas adaptadas à realidade actual.
Em 1998 é lançada a caixa de 4 cd's "Tracks", uma colecção de músicas na sua maioria inéditas, algumas delas só conhecidas através das inúmeras edições piratas que circularam ao longo dos anos.
É lançada também nesse ano a compilação "18 Tracks", com 15 músicas incluídas na caixa "Tracks" e mais três inéditas.
Em 1999 Bruce revela a intenção de reunir todos os elementos da E Street Band, para o início de uma nova digressão juntos. Tal não acontece desde 1988!A digressão mundial termina, após 15 meses na estrada, no Madison Square Garden, em Nova Iorque, numa maratona de 10 espectáculos entre 12 de Junho a 1 de Julho. Estes concertos memóráveis servirão mais tarde para a edição de um duplo CD e DVD ao vivo.

Em Março de 2001 é lançado o duplo CD "Live in New York City", recheado de temas clássicos e dois inéditos. Em Novembro é a vez da edição em DVD com o mesmo título. Edições em DVD também para "The Complete Video Anthology 1978-2000" e "Blood Brothers".
Após os acontecimentos de 11 de Setembro 2001, Springsteen participa num programa de televisão em directo, para angariação de fundos e homenagem às vítimas dos atentados: "America: A Tribute to Heroes".
Em meados de 2002 é editado o novo trabalho do Boss inspirado nos acontecimentos do 11 de Setembro: "The Rising".
Em Outubro 2003 é lançado o DVD do concerto ao vivo em Barcelona, que foi parcialmente transmitido pela MTV e VH1: "Live in Barcelona". O espectáculo é editado na íntegra, o que acontece pela primeira vez na carreira de Springsteen.
Na mesma altura também é lançada mais uma compilação do Boss, desta vez com o título "The Essential". Um duplo CD com os melhores temas e ainda um CD extra em edição limitada, que contém algumas raridades que percorrem os 30 anos de carreira.
Em Outubro de 2004, Bruce participa na Vote for Change Tour, uma mini-digressão que teve como objectivo principal o de tentar mudar o actual sistema político americano e por conseguinte, o seu Presidente. Não conseguiram atingir o objectivo uma vez que após as eleições tudo se manteve na mesma. Também participaram nestes concertos: Babyface, Jackson Browne, Bright Eyes, Dave Matthews Band, Death Cab for Cutie, the Dixie Chicks, John Fogerty, Ben Harper, Jurassic 5, Keb' Mo', John Mellencamp, My Morning Jacket, Pearl Jam, Bonnie Raitt, R.E.M., James Taylor, entre outros.
Ainda nesse ano é finalmente editado em DVD "In Concert - MTV Unplugged".
Em Abril de 2005 é lançado mais um álbum a solo: "Devils & Dust", que vem acompanhado de um DVD com a interpretação de temas acústicos.
É lançado mais um DVD "VH1 Storytellers", um programa de televisão onde os artistas convidados tocam os seus temas e contam as histórias por trás deles, num ambiente intimista.
30 anos depois da edição de "Born to Run", é lançada a edição especial de 3 discos, com o álbum original remasterizado, 1 DVD com o documentário "Wings of Wheels: The Making of Born To Run", e ainda o DVD com o primeiro concerto de Bruce em Londres.
Em 2006 é editado o duplo álbum relativo a este concerto: "Hammersmith Odeon 1975".Em Abril de 2006 é lançado novo trabalho totalmente gravado com versões de Pete Seeger, uma das suas grandes influências: "We Shall Overcome - The Seeger Sessions".
Em Outubro é posta à venda a versão expandida do último trabalho de Springsteen, com o título "We Shall Overcome: The Seeger Sessions - American Land Edition", igualmente em edição dupla: CD + DVD.
No seguimento da digressão de apoio ao último trabalho, é editado em 2007 o DVD com o título: "Bruce Springsteen with the Sessions Band - Live in Dublin". Pouco antes do final do ano é lançado "Magic", com o regresso da E Street Band às gravações. Tal não acontecia desde 2002 com "The Rising".
O ano de 2008 é dominado pela digressão mundial de apoio a "Magic", e no ano seguinte, em 2009, é editado "Working On A Dream".
O final desta década está recheado de edições: "The Promise: The Darkness on the Edge of Town Story", "The Promise" e "London Calling: Live In Hyde Park". O álbum mais recente de Springsteen é "Wrecking Ball", lançado no primeiro trimestre de 2012. A digressão continuará até 2013...

Discografia
Ainda não foi inserida discografia
Letras & Tablaturas
Ainda não foram inseridas letras ou tablaturas
Informação da banda
Género musical: Rock

Site: www.badlands.com.sapo.pt

Contactos: Nuno Miguel

Editora: Sony BMG

Fórum
Forum (Quarta, 31 de Março de 2010 às 23:05, 108 )
Forum (Sábado, 4 de Julho de 2009 às 18:04, 2 )
Forum (Segunda, 1 de Junho de 2009 às 23:10, 8 )
Forum (Sábado, 4 de Abril de 2009 às 0:01, 1 )
Eventos
Não existem eventos da agenda sobre esta banda/artista
Fotos
Não existem fotos da galeria sobre esta banda/artista
Vídeos
Não existem vídeos da galeria sobre esta banda/artista
Artistas de A a Z
A B C D E F G H I J K L M
N O P Q R S T U V W X Y Z
Info da página do artista
Nº de visualizações: 24400
Prestígio: 14
*Última edição por: MRV
*Em: 02/Jul/2014, 18:28
Líder:
Badlands 0
PUBLICIDADE
O meu perfil
Os meus atalhos
A minha página
O que é isto?
A minha página
Os meus dados
O que é isto?
Os meus dados
Inbox O que é isto?
Inbox
O meu Blog: vernova entrada
Blog
O que é isto?
O meu Fotoblog: vernova entrada
Fotoblog
O que é isto?
O meu Vídeoblog: vernova entrada
Videoblog
O que é isto?
Fórum: Escrever artigo no fórum
Escrever no fórum
O que é isto?
Classificados: Inserir classificado
listar activoslistar inactivosfavoritos
Inserir classificado
O que é isto?
Galeria Blitz: inserir fotoinserir vídeo
Galeria
O que é isto?
Os meus amigos
Ver lista Ver lista Ver convites Ver convites
Links úteis: Top prestígioPesquisar utilizador
Últimas actualizações
17/Sep/2014, 12:33
17/Sep/2014, 11:10
16/Sep/2014, 12:14
16/Sep/2014, 11:50
16/Sep/2014, 11:37
Top Artistas
Prestígio 29
Prestígio 25
Prestígio 25
Prestígio 25
Prestígio 25
Home  |  Termos de Utilização  |  Política de privacidade  |  Política de cookies  |  Notícias  |  Fórum  |  Agenda  |  Festivais  |  Artistas de A a Z  |  Classificados  |  Galerias  |  Blitz TV  |  Edição Impressa  |  Assinar Revista  |  Newsletter  |  Passatempos  |  BLOGS  |  Ficha Técnica  |  F.A.Q.
© copyright BLITZ 2006. Todos os direitos Reservados
BLITZ - Edificío São Francisco de Sales, Rua Calvet de Magalhães 242 - 2770-022 Paço de Arcos T. 21 4544161 F. 21 4415843 e-mail: blitz@impresa.pt - Anuncie na Blitz
Artistas de A a Z