Blitz Records

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Blitz Records

É hoje! Festa de 31º aniversário BLITZ e lançamento da BLITZ Records com Mazgani, They're Heading West, Frankie Chavez e Prodígi

A celebração acontece no Musicbox, em Lisboa.

A festa de 31º aniversário da marca BLITZ é hoje, no Musicbox, ao Cais do Sodré, em Lisboa. Nela ocorrerá o lançamento da editora digital BLITZ Records. A celebração contará com atuações de Frankie Chavez, Mazgani, They're Heading West e Prodígio e a participação do DJ Rui Miguel Abreu, colaborador da BLITZ. Horários: 21h30 - 22h00: Chegada de convidados 22h00 - 22h30: Prodígio 22h45 - 23h15: Frankie Chavez Frankie Chavez lançou em 2014 Heart & Spine, o seu segundo longa-duração, sucessor do acústico Family Tree, editado há quatro anos.

Prodígio é um nome emergente do hip-hop nacional. De seu verdadeiro nome Osvaldo Moniz, o rapper e produtor angolano a residir em Portugal faz parte do coletivo Força Suprema e lançou este ano o álbum Prodígios, berço de canções como "Deus Me Perdoa" e "Outra Vez". A noite contará ainda com atuações de Mazgani, o cantor e compositor de origem iraniana que recentemente editou Lifeboat, e They're Heading West, que acabam de editar o disco de estreia, reunindo os numerosos convidados que habitualmente reúnem em concertos na Casa Independente, de Nuno Prata a Ana Moura, passando por Samuel Úria ou Ana Bacalhau. Esta noite será também apresentada a A BLITZ Records, que publicará todos os meses um novo artista nas plataformas digitais consideradas relevantes para a música tal como ela deve ser encarada no século XXI. A escolha de todos os artistas e do reportório cabe à BLITZ e à Sony Music Entertainment que assumem a responsabilidade de todas as opções e o pagamento dos respetivos direitos aos artistas ou detentores de direitos. Todos os interessados em ver a sua música publicada na BLITZ RECORDS devem enviar os ficheiros que considerem necessários para blitzrecords@blitz.impresa.pt. Desde a primeira hora que a BLITZ plasmou no seu estatuto editorial a necessidade de "procurar fazer a divulgação das mais atraentes aventuras da música contemporânea". Mantemo-nos fiéis a essa missão, conhecendo a responsabilidade particular que nos cabe no que respeita à música em Portugal. Com este projeto que tanto nos anima, e que nos associa a uma das mais prestigiadas editoras a operar neste país, tencionamos dar continuidade a essa ideia.